APENDICITE AGUDA: QUANDO PROCURAR ATENDIMENTO

APENDICITE AGUDA: QUANDO PROCURAR ATENDIMENTO

Compartilhe:

O tratamento é sempre cirúrgico, porém, quanto antes o diagnóstico, menores os riscos ao paciente
O apêndice Cecal é um pequeno prolongamento do intestino grosso, localizado no quadrante inferior direito do abdômen. A apendicite aguda é a inflamação/infecção do apêndice causada por bactérias que existem normalmente no intestino, e por algum motivo como fecalito (fezes endurecidas que tapam a entrada e saída de líquidos do apêndice) fazem com que essas bactérias se proliferem de maneira patológica na parede do órgão.
Quanto mais tempo demoramos para fazer o diagnóstico, mais a infecção se agrava, podendo até ocorrer perfuração do órgão e infecção abdominal generalizada.
Os sintomas clássicos da apendicite são:
1 - Dor abdominal que inicia difusamente ou na região do estômago e umbigo, que posteriormente “migra” e fica somente no quadrante inferior direito do abdômen (na localização do apêndice).
2 - Dor e defesa ao apertar o quadrante inferior direito, com dor mais intensa quando soltamos bruscamente.
3 - Falta de apetite (anorexia) ou mudança do hábito alimentar.
4 - Náuseas e vômitos
5 - Febre
6 - Alteração no exame de sangue (leucocitose)
A sua evolução é dividida originalmente em quatro fases. As iniciais (fases um e dois) geralmente são curadas apenas com a cirurgia para retirada do apêndice. Já as mais avançadas (fases três e quatro) necessitam de cirurgia e antibióticos venosos ou oral.
O tratamento é sempre cirúrgico. Existem dois tipos de cirurgia: a convencional, feita com um corte no quadrante inferior direito do abdômen e retirado o apêndice. E a cirurgia por videolaparoscopia, pela qual, através de três pequenos furos conseguimos retirar o apêndice com o auxílio de uma câmera de vídeo colocada no interior do abdômen.
As vantagens da cirurgia por videolaparoscopia são muito conhecidas, e se destacam entre elas: a estética, o retorno precoce aos trabalhos e menos dor no pós operatório, além de menor risco de infecção da ferida cirúrgica.
Em caso de sinais e sintomas de apendicite aguda, procure rapidamente o hospital.

Mais artigos de Dr. Mateus Volpato