INVERNO É O PERÍODO IDEAL PARA O TRATAMENTO DE VASINHOS E VARIZES

INVERNO É O PERÍODO IDEAL PARA O TRATAMENTO DE VASINHOS E VARIZES

Compartilhe:

Além de auxiliar na recuperação, o clima frio também favorece a cicatrização dos procedimentos


É no verão, na hora de colocar as pernas à mostra, que as pessoas se dão conta das varizes e vasinhos aparentes e bate o arrependimento “por que não cuidei disso antes?” A verdade é que, com as temperaturas mais amenas, o tratamento de varizes e vasinhos fica mais confortável, já que as pernas podem ficar mais escondidas e protegidas do sol. Além, disso, o uso de meias, se necessário, torna-se mais confortável; os vasos dilatam menos; a retenção de líquido é menor, diminuindo a sensação de inchaço e há menos riscos de manchas, devido à diminuição da exposição solar.
Conheça os principais tratamentos para vasinhos e varizes
A escleroterapia com glicose é injetável, pode ser feita em consultório e é indicada para vasinhos com menos de dois milímetros.
Outro tipo de tratamento para secar vasinhos é a escleroterapia com espuma. Também injetável, pode ser feita em consultório, em todos os vasos, inclusive os de grande calibre.
O laser usa energia luminosa para efetuar o mesmo trabalho da escleroterapia, inflamando o vaso e impedindo a circulação. Esse procedimento é recomendado para microvarizes e vasinhos.
Na cirurgia tradicional ocorre a retirada dos vasinhos doentes. Esse é o método indicado quando os mais simples não são suficientes. O médico identifica os vasinhos, corta, retira cada um com uma agulha própria e faz um curativo. Se for necessário operar a veia safena, são feitos cortes na região da virilha e do tornozelo.
A cirurgia com endolaser é feita usando uma fibra óptica na veia a ser ressecada. A energia luminosa do laser passa por ela e cauterizando o vaso, sem necessidade de curativos, cortes e repouso. O método é indicado para varizes calibrosas, como a da veia safena.
O CLaCS (Cryo-laser & Cryoescleroterapia) é a opção mais moderna, que une o melhor dos métodos tradicionais com a aplicação de um jato de ar gelado de até -20º C. As veias são contraídas e o desconforto é reduzido, fechando os vasinhos doentes.
Importante: o tratamento de vasinhos e varizes pode aparentar ser um procedimento simples, mas pode trazer complicações quando não for realizada com um angiologista ou cirurgião vascular, que podem dizer com precisão qual o real diagnóstico, além do procedimento correto para recuperá-la. Vasinhos e varizes não podem ser considerados apenas um incômodo estético. Quando não tratadas provocam diversos problemas de saúde de ordem séria como tromboflebites, tromboses venosas e até embolia pulmonar.

Outros artigos