O PERIGO ESTÁ DENTRO DE CASA!

O PERIGO ESTÁ DENTRO DE CASA!

Compartilhe:

Você sabia que a maioria dos acidentes registrados na infância acontece dentro de casa ou nas suas proximidades? Traumas que poderiam ser evitados com medidas de prevenção e proteção. Dicas simples, mas, que as vezes passam despercebidas podem evitar muitos deles. Fique atento!

QUEDAS:

Nunca deixe o bebê sozinho no trocador ou em locais altos como na cama. Esse costuma ser o local da primeira queda da criança.
Não deixe o bebê pequeno em sofás ou cadeira. Brincar no chão protegido lhe dará muito mais espaço para se mover, se desenvolver.
O andador não deve ser usado em nenhuma idade, assim, todos os ambientes poderão ser explorados pela criança.
Coloque telas nas janelas, sacadas e vãos desprotegidos. Não deixe objetos, cadeiras, sofás e outros apoios próximos desses lugares de risco.

TRAUMAS:

No carro o bebê deve sempre estar na cadeirinha, preso ao cinto de segurança. A mesma regra vale para o carrinho de passeio. Crianças maiores devem sempre viajar no banco de trás, em assento apropriado à sua idade, tamanho e peso.

AFOGAMENTOS:

Não deixe seu filho sozinho na banheira. Mesmo com água rasa é perigoso. É necessário apenas um filete de água e alguns segundos para que ocorra o afogamento.
Se sua casa tiver piscina, deixe-a sempre com rede de proteção. Esteja sempre vigilante.

QUEIMADURAS:

O lugar de maior risco é sem dúvidas a cozinha. Não cozinhe com o bebê no colo. Fogão e criança definitivamente não combinam. Jamais manipule substâncias inflamáveis com o bebê no colo ou por perto.
Na hora de preparar os alimentos, dê preferência para as bocas de trás do fogão, e se for usar as da frente também, lembre-se de posicionar os cabos das panelas para o lado de dentro.
Fogueiras, churrasqueiras, braseiros e fogos de artifício não são coisas para se deixar acessíveis às crianças de nenhuma idade. Na hora do banho do bebê, experimente a temperatura com a região de antebraço, a temperatura ideal é 36 e 37 °C.

CHOQUES ELÉTRICOS

Todas as tomadas elétricas da casa devem estar protegidas.
Não deixe fios elétricos e extensões ao alcance das crianças. Carregadores de celular, por exemplo, devem sempre estar desconectados da tomada. Colocar um fio desses na boca, como a criança faz com tudo que encontra, implica em risco de morte.

ENVENENAMENTO POR MEDICAMENTOS E PRODUTOS TÓXICOS

A faixa de maior risco de envenenamento é a compreendida entre 1 e 5 anos de idade. Tome cuidado extra quando alguém da família estiver em tratamento fazendo uso de medicação, e nunca diga à criança que remédio é doce. Não deixe produtos de limpeza, tóxicos, cáusticos ou ainda qualquer medicação ao alcance das crianças.

Outros artigos

SERÁ O MAL DO SÉCULO?
DIABETES