PRÁTICAS E TERAPIAS INTEGRATIVAS NA CURA E DESENVOLVIMENTO SISTÊMICO DO SER HUMANO

PRÁTICAS E TERAPIAS INTEGRATIVAS NA CURA E DESENVOLVIMENTO SISTÊMICO DO SER HUMANO

Compartilhe:

Atualmente, está ocorrendo o retorno para a visão milenar e ancestral de cuidar de
forma integral o ser humano, percebendo os aspectos emocionais, psicossociais,
afetivos e espirituais como fatores que afetam a saúde proporcionando o aparecimento
de doenças no corpo físico. Desta forma, os países ocidentais, como o Brasil, estão
“redescobrindo” as práticas e terapias, hoje, chamadas de integrativas, como métodos
para auxiliar no processo de cura e desenvolvimento pessoal.
Cuidar da saúde é mais do que controlar sintomas ou patologias. A doença não se
manifesta apenas no corpo, mas está presente também nas relações familiares, sociais
e com o meio ambiente, como têm descrito estudos epidemiológicos e demográficos
recentes. Manifesta-se ainda na forma como as pessoas concebem e buscam realizar
sua existência no mundo.
O ser humano não se reduz a um corpo, muito menos a uma parte dele; é também um
conjunto de valores, concepções e crenças, experiências, expectativas, frustrações etc.
E a doença que o acomete expressa, para além de alterações biológicas, desarmonias
no jeito de andar a vida, tanto pessoal como coletiva. De acordo com experimentações
e descobertas das ciências humanas, o adoecimento é também uma forma de exprimir,
ou denunciar relações sociais hostis.
As Práticas e Terapias Integrativas desenvolvem uma abordagem à saúde que busca
estimular a promoção, prevenção e recuperação da saúde utilizando métodos naturais,
pautados na escuta, no acolhimento e no desenvolvimento de vínculos terapêuticos
entre paciente, família e profissional de saúde.
Segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS, as Práticas e Terapias Integrativas e
Complementares são denominadas como Medicina Integrativa e compreendem um
grupo de práticas de atenção à saúde não alopáticas e englobam atividades como a
Homeopatia, Fitoterapia, Meditação, Reiki, Terapia de Florais, Constelação Familiar,
Vivências Terapêuticas [Bioenergética], Massagem Terapêutica, entre outras.
Essas Práticas e Terapias se baseiam na união de conhecimentos e na construção de um
saber mais efetivo, amplo e profundo, atuando de forma complementar às práticas
médicas tradicionais. Elas servem como auxiliadoras, por exemplo, na cura da
depressão, do estresse, da insônia, da ansiedade, do pânico, das dores crônicas. Ajudam
no desbloqueio de medos, traumas emocionais e no processo de autoconhecimento
entre outros problemas.


Lisiane Soares
Coach Sistêmica, de Saúde e Bem-estar
Psicoterapeuta Mindfulness
Instituto Quantum SIS
(48) 9.9976-7428

Mais artigos de