Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado? Cadastre-se

termos do contrato

Já é cadastrado? Login

Dr. Pedro Henrique Messina Medeiros

Conselho Regional: CRM/SC 24551 / RQE 15187

Urologia

VASECTOMIA: MÉTODO DE CONTRACEPÇÃO MASCULINA.

A vasectomia é um procedimento cirúrgico de pequeno porte, eficiente e confiável, que tem como objetivo a esterilização masculina permanente. Ele é o método contraceptivo realizado através de uma pequena cirurgia, com anestesia local em um ou dois pontos da bolsa escrotal. Seguido da identificação e secção dos dois canais (dutos deferentes) que levam os espermatozóides até a uretra, evitando assim a gravidez. As taxas de falha da vasectomia, são menores que 1%. Contudo, é obrigatória a realização do exame do espermograma após 3 meses ou vinte ejaculações posteriores a cirurgia. A necessidade do exame é explicada pelo risco de gravidez logo após o procedimento pois ainda são encontrados espermatozóides viáveis no duto acima do ponto operado.  

Vale lembrar que a vasectomia não altera o volume do sêmen nem tampouco, a ereção ou libido masculina. As regiões responsáveis por essas funções não sofrem nenhum tipo de interferência durante a cirurgia.

É um procedimento que deve ser encarado como algo definitivo. Apesar de existirem técnicas cirúrgicas para reversão da vasectomia (vasovasostomia ou vasoepididimostmia), estas são extremamente delicadas, com elevado custo e apresentam eficácia relativamente baixa. Principalmente em se tratando de homens que se submeteram à cirurgia há muitos anos. Assim, caso o homem, ou casal, opte pela vasectomia, é importante ter ciência disso. A orientação é que seja uma decisão conjunta de um casal de relacionamento estável e com prole constituída, de preferência com dois ou mais filhos. 

Os sintomas pós operatórios incluem leve a moderado desconforto testicular e inchaço da bolsa escrotal. Em um número muito pequeno de pacientes pode ocorrer um inchaço importante da bolsa e hematoma (acúmulo de sangue) ou infecção da ferida operatório, caso o paciente não realize os cuidados recomendados pelo cirurgião. Os homens submetidos ao procedimento devem realizar um repouso relativo por 7 dias e cuidados locais básicos com a ferida cirúrgica, além de uso de analgésicos prescritos pelo seu urologista e bolsa de gelo nos primeiros dias. 

O que é a vasectomia?

A vasectomia é uma cirurgia simples, segura e indolor para que o homem não tenha mais filhos.

Quem pode fazer a vasectomia?

Segundo a lei brasileira, homens com mais de 25 anos ou pelo menos dois filhos (as) podem fazer a cirurgia.

Após a cirurgia posso apresentar algum problema com ereção, alguma alteração no ejaculado ou doença relacionada?

Não! A cirurgia é feita com uma pequena incisão na bolsa testicular, longe da inervação e vascularização responsável pela ereção peniana. O volume do ejaculado permanece praticamente o mesmo, a única diferença é que o espermatozóide (célula que engravida) não estará mais no ejaculado. Não há associação da vasectomia com surgimento de doenças em outros órgãos.

A vasectomia é reversível?

Atualmente existe técnica cirúrgica capaz de reverter a vasectomia, porem nem todos os casos são bem sucedidos, por isso o casal deve ter certeza que não deseja mais fillhos!

Após quanto tempo posso voltar as minhas atividades depois da cirurgia?

Nos dias subsequentes a cirurgia as atividades habituais podem ser realizadas quase que integralmente. Devendo ser evitado esforço fisico ou atividade sexual na primeira semana. Para o retorno aos esportes deve-se aguardar de sete a dez dias.



© Lista da saúde 2018. Todos os direitos reservados.
Sisdado tecnologia