FIQUEM ATENTOS ÀS NOVAS CONSIDERAÇÕES SOBRE GESTAÇÃO E INFECÇÃO PELO COVID-19

FIQUEM ATENTOS ÀS NOVAS CONSIDERAÇÕES SOBRE GESTAÇÃO E INFECÇÃO PELO COVID-19

Compartilhe:

1- Não parece estar associado a risco maior na gestação.
2- Taxa de complicações é a mesma para não grávidas.
3- Sintomas são febre e tosse.
4- Diagnóstico e conduta são iguais às não grávidas.
5- Gestantes assintomáticas seguem pré-natal normalmente.
6- As pacientes com sintomas devem adiar a consulta em 14 dias.
7- Deve-se atentar a possível restrição de crescimento fetal nas gestantes com caso suspeito ou confirmado.
8- Não existem evidências quanto a perdas no 1 e 2 trimestre ou a malformações.
9- Em casos suspeitos ou confirmados, é essencial a realização do ultrassom morfológico (20-24 semanas).
10- A assistência ao parto em mulheres infectadas é a mesma; a via nascimento é obstétrica e clampeamento tardio do cordão.

 

Dra. Juliana Rodrigues da Rosa
CRM/SC 20665 | RQE 16309
Ginecologia e Obstetrícia

Mais artigos de