Esqueceu sua senha?

Não é cadastrado? Cadastre-se

termos do contrato

Já é cadastrado? Login

Laura Casteller Pescador

Conselho Regional: CRN 10 2326

Nutricionista

Consultórios de Laura Casteller Pescador

 Turvo/SC

Av. Municipal, 1182 Centro
, Sala 103B

SEG, TER,QUA 08:30 AS 20:30

Últimos artigos de Laura Casteller Pescador

Cuidados com a alimentação antes e durante a gestação Muito antes de engravidar, cuidar da saúde dos pais é fundamental e deve ser prioridade.

03/01/2019

A gestação é um período de grandes mudanças fisiológicas, onde todo cuidado deve ser tomado. Muito antes de engravidar, cuidar da saúde dos pais é fundamental e deve ser prioridade.  

Cuidados com alimentação, o uso de orgânicos, redução de contaminantes, são essenciais para que se tenha uma adequada concepção e uma gestação saudável. Orienta-se que 180 dias antes de ocorrer a concepção os pais já devem procurar mudar os hábitos alimentares e levar uma vida mais saudável. 

Toda mulher, quando deseja engravidar, deve estar consciente que o primeiro passo é pensar no peso. Engravidar com peso adequado e garantir o ganho de peso dentro do planejamento são fundamentais para a mãe e muito melhor para a criança, que terá seu desenvolvimento adequado, com menores riscos de desenvolver doenças crônicas na vida adulta. 

Alimentação balanceada e suplementação são essenciais. Ambos devem estar em equilíbrio para que a mulher ganhe o peso adequado e para que o bebê receba todos os nutrientes necessários. Fórmulas personalizadas de vitaminas e sais minerais são mais adequadas, considerando que cada gestante tem necessidades nutricionistas individuais que devem ser equilibradas com alimentos e, se necessários, suplementos. O uso de ômega 3 deve ser considerado, já que ele está relacionado com o desenvolvimento cognitivo das crianças.  Além disso, contribui na redução do risco de problemas imunológicos. O tipo de ômega 3 teve ser avaliado criteriosamente, já que muitos possuem misturas de outras gorduras e presença de metais pesados, como mercúrio, totalmente contraindicado na gestação. 


"Alimentação variada e saudável são as chaves para sucesso durante a gestação."


Alimentação variada e saudável são as chaves para sucesso durante a gestação. Um ponto que causa muita preocupação é o uso de alimentos com agrotóxicos. Atualmente, os estudos confirmam que o consumo excessivo de agrotóxicos ou mesmo a exposição elevada está relacionada a infertilidade em homens e mulheres devido a atuação das toxinas em eixos hormonais que prejudicam a ação fisiológica dos hormônios sexuais como estrógeno e testosterona, afetando assim a capacidade fisiológica dos espermatozoides e disfunções ovarianas. Não somente pesticidas, mas também ftalatos e bisfenol A, que são substâncias presentes em plásticos e garrafas pet, eles também têm forte relação com infertilidade, causando depleção da fase folicular.

A alimentação preconcepção e durante a gestação vai definir a saúde da criança no futuro. As escolhas serão impactantes, por isso há necessidade de reduzirmos as toxinas presentes no meio ambiente e realizar a inclusão de alimentos orgânicos, ricos em compostos bioativos que tem efeito protetor, reduzindo o risco de complicações e doenças crônicas. 


Além disso, acompanhamento nutricional durante a gestação é fundamental para organizar a alimentação e auxiliar a paciente nas escolhas alimentares e suplementações.  


Os Segredos do Emagrecimento Saudável e Duradouro.

18/01/2018


Mudar o comportamento é essencial assim como ações e pensamentos positivos referentes a alimentação. Sabe aquela história de que eu tenho corpo de magro, porém continuo com mente de gordinho? A maioria das pessoas que fazem dieta ou que tiveram um emagrecimento sem acompanhamento nutricional continuam com pensamentos pouco saudáveis e sabotadores. Muitas pessoas iniciam o tratamento para emagrecimento e logo já perguntam quando poderão voltar a comer o que comiam antes. 

Muitas pessoas querem dietas que o ajudem a perder peso rápido e de preferência sem praticar exercícios físicos. Perder peso rápido sem a prática de exercícios físicos impõe que a dieta seja muito restrita e a alimentação restrita elimina muita massa muscular e pouca gordura. O ideal é perder peso de uma forma lenta e gradativa, comendo bem, com alimentação variada e nutritiva. 

Associar a alimentação saudável com exercícios aeróbicos e musculação não engorda e contribui com a mudança no estilo de vida. O exercício aumenta o metabolismo basal (gasto de calorias em repouso) e com gasto de calorias da atividade física, se elimina mais peso com a manutenção de uma estrutura corporal bonita. Ou seja, pele firme, corpo definido e o mínimo possível de flacidez.  Além disso, quem malha, come menos, devido a liberação de substâncias que auxiliam no controle de fome e saciedade. Perder peso, é perder gordura corporal e não massa muscular. Por isso, a dieta adequada associada a prática de exercícios físicos é fundamental. Musculação bem realizada, ajuda sim no emagrecimento!”

O processo de emagrecimento possui várias fazes, como o efeito platô. Você já ouviu falar nele? Ouço muitos dos meus pacientes relatarem que “sempre quando chego nesse peso não emagreço mais” “uma vez era muito fácil perder peso, agora está mais difícil”. Efeito platô é uma estagnação no peso, é quando em determinado momento da dieta não conseguimos mais eliminar peso.  O efeito platô acontece devido a várias causas: Dietas restritas, alimentação monótona, baixo consumo de líquidos, sedentarismo ou mesmo exercícios físicos exaustivos. O corpo se acostuma com a nova condição que foi imposta e passa a gastar menos calorias, desacelerando o metabolismo. Saiba que é possível driblar o efeito platô. 

Após o emagrecimento as pessoas pensam que não correm mais o risco de engordar. Infelizmente isso não é verdade. O cérebro tem memórias e mecanismos que lutam durante algum tempo, para que o corpo volte ao peso máximo que foi atingido. Por isso a importância de iniciar o tratamento pensando que:  “Eu vou eliminar peso e não vou mais engordar”. É necessário manter os novos hábitos adquiridos, que incluem alimentação saudável e atividade física. 

A maioria das pessoas nem se quer chegam a voltar no consultório quando atingem seu peso e aí tudo foi por água a baixo. Você precisa de manutenção! Precisa continuar com os encontros com a nutricionista, necessita de adequação da dieta para o seu novo peso, orientação e acompanhamento. A alta quem vai dar a você é o seu nutricionista quando ele achar que você está preparado para seguir adiante sozinho! Em muitos casos essa alta demora 10 anos e as vezes não acontece. Lembre-se, que para estar de alta do acompanhamento nutricional, você precisa ter mudado o corpo e os pensamentos, deve estar consciente e seguro. Acima de qualquer coisa você deve querer manter essa mudança para o resto da vida! 


Bactérias que fazem muito bem!

16/03/2017

O Kefir é conhecido como pequenos grãos de cor branca ricos em uma variada flora de microorganismos, excelentes para a saúde do ser humano. Possui 8 leveduras, 2 bactérias acéticas, cerca de 16 lactobacilos, cerca de 9 streptococci/lactococci, ácido fólico, ácido pantotênico, biotina, cálcio, carboidratos, fósforo, gordura, lactase, magnésio, niacina (vitamina B3), potássio, proteínas, piridoxina, triptofano, aminoácidos, vitamina B12, vitamina K. A colônia de bactérias, conhecidas popularmente pela “semente do iogurte” é passada de pessoas a pessoas a centenas de anos. O consumo normalmente é feito do líquido obtido pela fermentação das bactérias. Quando feito com leite forma um liquido espesso e ácido semelhante ao iogurte. Porém o mesmo também pode ser feito com água e açúcar mascavo, produzindo uma bebida fermentada e gaseificada, muito saborosa quando adicionado algumas gotas de suco de limão. O uso do Kefir como alimento pode trazer benefícios e auxílio no combate a problemas de: asma, acne, problemas renais, acidez estomacal, problemas circulatórios, colesterol, reumatismo, osteoporose, alergias, enxaqueca, problemas digestivos, colites, prisão de ventre, diarreia, candidíase, inflamações intestinais, ansiedade, depressão e intolerância a lactose. Dica da nutri: Consumir todos os dias, preferencialmente em jejum. Se cultivar no leite, adicione frutas e consuma no café da manhã.

Este profissional não recebeu nenhuma opinião ainda
© Lista da saúde 2019. Todos os direitos reservados.
Sisdado tecnologia